sem-titulo-1

As pessoas se exercitam regularmente para melhorar o condicionamento físico, diminuir o estresse, evitar o aparecimento de doenças decorrentes do sedentarismo, melhorar a desempenho no esporte que pratica e, para muitos, como meio para diminuir a quantidade de gordura corporal.

A diminuição da gordura corporal, além dos benefícios para a saúde, ajuda a melhorar a aparência física, pois os músculos se tornam mais visíveis quando ocorre a redução da gordura subcutânea.

O emagrecimento saudável é resultado da diminuição de gordura e não de perda de liquido e até mesmo da massa muscular, não simplesmente a diminuição do peso corporal. Os estudos mostram claramente e relação saudável entre a porcentagem de gordura e massa muscular recomendada para homens e mulheres.

Milhões de indivíduos estão envolvidos em programas de perda de peso, dos quais muito são ineficientes, com finalidades apenas comercias e muitos inclusive com propostas que colocam em risco a saúde, como por exemplo, a ingestão de substancias de eficácia duvidosa e prática de exercícios ineficientes, com equipamentos e acessórios inadequados. É muito comum os exageros, adotar uma estratégia única na busca da redução do peso corporal, ou seja, uma dieta restritiva, radical ou a prática excessiva, compulsiva, do exercício físico. Ambas as condutas, sob o ponto de vista fisiológico são inadequadas, contrariam o que a ciência recomenda.

Diante deste quadro, inúmeras organizações científicas sugerem recomendações para os profissionais envolvidos em programas de controle de peso, evitando assim possíveis riscos para a saúde.

O ACSM – American College of Sport Medicine recomenda que os objetivos de emagrecimentos semanais não excedam a 1 kg. Uma orientação geral consiste em estabelecer um déficit calórico de 3500 a 7000 kcal semana ( 500 a 1000 kcal dia) o que teoricamente resulta em 0,5 a 0,9 kg de perda de gordura em cada semana (o,5 kg de gordura=3500 kcal). Também recomenda que as pessoas em período de restrição calórica limitem a ingestão de gorduras a menos de 30% do total de calorias. Essas são recomendações gerais, e indivíduos com necessidades especiais (como por exemplo, atletas, idosos, pessoas com distúrbios metabólicos) podem precisar de um método diferente de perda de peso. É importante salientar que perda de peso desejável é o resultado da máxima redução de gordura corporal e de mínima perda de massa magra, representando sucesso na manutenção do peso perdido, poucos riscos de desnutrição e de complicações médicas.

Existe uma combinação adequada no processo de emagrecimento?

Segundo inúmeros estudos um aspecto fundamental no processo de emagrecimento é a modificação do estilo de vida para promover um peso saudável. Ainda que cada indivíduo deva avaliar as áreas do seu estilo de vida que contribuem para o excessivo acúmulo de peso, etapas comuns, que beneficiam a maioria das pessoas em processo de emagrecimento, incluem:

  • Reduzir o total de calorias;
  • Reduzir a ingestão de calorias;
  • Aumentar a atividade física;
  • Mudar os hábitos alimentares.

É consenso comum que para perder peso é preciso estabelecer um equilíbrio energético negativo e, para tanto, identifico três aspectos fundamentais para que os resultados sejam alcançados:

  1. Decisão: as pessoas que decidem mudar, por objetivos pessoais, intrínsecos, têm maiores chances de emagrecer. Sentir que não deseja mais ser gordo é um aspecto emocional, muito mais significativo do que somente pensar em emagrecer. Quando os motivos para mudar não estão relacionados a recompensas externas as chances de sucesso são maiores.
  2. Alimentação: mudar a forma de se alimentar, o endocrinologista e o nutricionista poderá ajudá-lo a organizar a sua alimentação, diversificada e equilibrada; sem dietas radicais.

3. Exercício Físico: incluir alguma forma de exercício físico ao longo do dia; o profissional de educação física poderá ajudá-lo a descobrir aquele exercício que você mais gosta ou que melhor se adapta às suas características e que seguramente trará resultados positivos.

Prescrição de exercícios para controle de peso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *